Breaking

Facebook volta a ter ataques de aplicativos com vírus.

Mais uma vez a Rede Social Facebook torna-se ambiente de propagação de vírus entre seus usuários. Os ataques, que já são conhecidos de alguns usuários se dão pelos uso de páginas e aplicativos que são liberados pela Rede Social para promover mensagens diversas, mas na verdade estão com suas páginas linkadas que redirecionam os usuários a páginas de Malwares. Se os responsáveis pelas páginas sabem desta ação ou não, ninguém tem conhecimento, mas o fato é que há tr~es dias dias os ataques foram massificados e várias páginas estão espalhando links com vírus. A forma de identificar tais páginas é simples. Cada página deve conter a mensagem e a foto, logo abaixo pode conter um link que conduza a própria página do emissor, mas o que se vê abaixo são sub links no seguinte formato: "Ponha créditos de graça no seu celular", "Veja as fotos da menina que caiu de bikini", "Ganhe $ 1.000, saiba como", "Saiba quem te visitou no Facebook", "Saiba quem tá on line", "Saiba sua sorte para hoje"...Seu horóscopo...Se teu namorado tá te traindo. Frases sempre a instigar a curiosidade do usuário para clicar na página. Oriento a voce, usuário que não clique em link algum contido nestas páginas, ao perceber estes links numa mensagem exclua a mensagem de imediato, não use aplicativo ou jogo algum até que a equipe de desenvolvedores do Facebook tome as devidas providências. Lembrando a todos que não importa o grau de amizade ou de envolvimento entre voce e quem enviou a mensagem, pois ao utilizar estes aplicativos, o administrador do perfil, "Autoriza" o aplicativo a postar, ver seus dados pessoais e até usar seu perfil sem que voce esteja logado. Um erro gritante e que agora aproveito para deixar a sugestão aos desenvolvedores do Facebook: Um aplicativo 'NÃO" deve possuir privilégios de administrador num perfil, ninguém deve tê-los. Isto vale para todos os aplicativos. Só quem deve postar é o próprio titular do perfil, excetuando-se as blogosfera e serviços de atualização idôneos e já conhecidos. Isto me faz lembrar as questões com acesso a grupos. Os proprietários administradores dos grupos deveriam estar condicionados a enviar convites a participantes, onde contivesse o nome do titular e o assunto relacionado ao Grupo e a decisão de participar ou não caberia única e exclusivamente ao convidado. Outra questão nos mesmos grupos refere-se ao conteúdos das suas postagens que deveria ser pública, não devendo-se mais manter em "Secreto" evitando o uso abusivo de conteúdo erótico e pornográfico nestes Grupos. Se um usuário desejasse participar, solicitaria ao administrador e caso resolvesse formular denúncia de conteúdo impróprio faria em opção para este fim, como já existe. Nas opções de denúncia de conteúdo deveria haver: "Racismo ou preconceito", "Palavras de ódio", "Apologia a uso de drogas", "Cyber Bulliyng", "Nudez implícita ou explícita", "Pedofilia", "Homofobia" que são ações mais praticadas na internet. O usuário deveria ter acesso ao Facebook através de E-mail próprio para denúncias e explicar de forma mais detalhada suas reclamações. Quanto a questão das páginas e aplicativos, por ser uma questão que envolve a geração de finanças, controle difícil nas postagens e compartilhamentos, a melhor saída é vetar os privilégios de administrador destas páginas, retirar a opção dos usuários que permite e concede estes privilégios a terceiros. Os compartilhamentos passariam a ser feitos pelo próprio usuário, mediante senha e com restrições para a concessão a estes aplicativos. O interesse desta matéria é buscar o melhoramento nesta magnífica ferramenta que hoje é o Facebook, não tecendo críticas para macular, mas auxiliar na construção de um Face melhor e mais seguro para todos os usuários.

Seguidores do Google